Justiça do Trabalho restabelece gratificação de função suprimida por banco

in December 9th, 2020

É recorrente em estabelecimentos bancários o enquadramento indevido de funcionários em cargos de confiança para que suas jornadas sejam ampliadas para oito horas diárias. A novidade que vem ocorrendo é a supressão da gratificação de função, de forma ilegal e em prejuízo dos bancários.

Em recente decisão inédita, o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região decidiu em favor de uma empregada do Banco Santander que sofreu este prejuízo – restabelecendo seu direito devido.

Neste novo vídeo, a advogada Mariana Lini, especialista na área trabalhista de nosso escritório, apresenta informações essenciais sobre os direitos dos trabalhadores bancários quanto a gratificação de função. Assista!

Curta, comente e compartilhe com outras pessoas que possam se interessar pelo tema. Em caso de dúvidas, entre em contato com nossa equipe: www.lp.com.br!