Será que você não deveria ser equiparado à categoria dos bancários quanto à jornada?

Você sabia que outros profissionais também são equiparados à categoria dos bancários, quanto à jornada de trabalho de 6h por dia e de 30 horas semanais?

O mundo está mudando e cada vez é mais comum vermos o nascimento de empresas de crédito, financiamento e investimentos que executam atividades variadas no mercado financeiro.

O Tribunal Superior do Trabalho consolidou o entendimento em sua Súmula de n. 55, no sentido de que essas empresas, também denominadas financeiras, se equiparam aos bancos no que se refere às regras de jornada de trabalho definidas pela CLT.

O que é uma Súmula?

Súmulas retratam entendimento consolidado dos membros dos Tribunais Superiores sobre determinado assunto e que precisam ser seguidas pelas instâncias inferiores (juízes, tribunais).

O que muda para quem trabalha em financeiras?

Fica estabelecida a jornada de trabalho de 6 horas, definida para os bancários no artigo 224 da CLT, e que deve ser respeitada também para aqueles funcionários de empresas denominadas financeiras, desde que não ocupem funções de confiança.

Assim, empregados das financeiras (empresas de crédito, financiamento ou investimento), embora sejam enquadrados na categoria de financiários, terão direito a mesma jornada de trabalho fixada aos bancários.

Isso significa que tenho os mesmos direitos que os bancários?

Não, esses empregados de financeiras não podem se beneficiar de vantagens previstas em convenções coletivas de bancários, por exemplo, uma vez que essa equiparação das instituições financeiras a estabelecimentos bancários diz respeito, somente, à fixação da jornada de trabalho.

📣 Tem dúvidas quanto aos seus direitos? Escreve para a gente AQUI.

Your cart
    Checkout