Faça hoje mesmo a sua senha do MEUINSS

by Ana Julia Silva Saraiva in

O Meu INSS foi criado para facilitar a vida de todo contribuinte do INSS, isso porque viabiliza consultas e a realização de requerimentos sem você ter que enfrentar as já conhecidas longas filas do INSS, mas você sabe como utilizar esses serviços?

Não há quem já não tenha enfrentado uma fila para fazer algum tipo de solicitação ao INSS, mas desde o lançamento da plataforma digital do Meu INSS é possível simplificar algumas ações e, inclusive, evitar futuros problemas que podem aparecer no momento tão esperado: o pedido da aposentadoria.

Como fazer a sua senha?

Por meio do aplicativo do “Meu INSS”, que está disponível para download na Play Strore ou Apple Store, ou ainda diretamente no site do Meu INSS.

Se você ainda não tem um cadastro você precisa clicar no botão “Entrar com gov.br”

Feito isso, você deve clicar em “Crie sua conta”, para que o sistema te dê as formas de cadastro na plataforma.

O sistema oferece 6 formas de cadastro e para realização desse é muito importante que você tenha em mãos os seus dados de identificação, assim como a sua Carteira de Trabalho para averiguação dos seus dados profissionais.

Lembre-se de, após realizar o cadastro, guardar a senha de acesso à plataforma. A senha deve conter letras maiúsculas e minúsculas, além de números e caracteres especiais como #, por exemplo.

Mas por que fazer uma senha e ter acesso a essa plataforma?

Com essa ferramenta você pode solicitar benefícios, serviços além de realizar consultas de como estão os seus requerimentos ou, até mesmo, acompanhar se estão sendo lançadas de forma adequadas as suas contribuições no CNIS.

Posso consultar todo o meu histórico previdenciário pelo Meu INSS?

Exatamente, e isso evita que, após uma longa espera, você descubra que poderia já ter resolvido o seu problema muito antes.

Já explicamos AQUI que é muito importante que você esteja sempre atento se os seus dados no INSS estão atualizados.

Não esqueça que há muitos problemas que podem ser evitados ou resolvidos muito antes do tão sonhado pedido de aposentadoria, por exemplo:

  • Verificar se constam todos os seus vínculos de emprego e se as datas de admissão e rescisão estão corretas;
  • Verificar se está registrado o período em que exerceu serviço militar ou estudo em escola técnica;
  • Verificar se, mesmo com a CTPS assinada, o empregador está realizando as contribuições ao INSS da forma correta;
  • Verificar se há indicadores (extemporaneidade, contribuição inferior ao salário-mínimo, etc) em algum vínculo de trabalho, pois isso pode ensejar a necessidade de ajustar esse vínculo junto ao INSS.

Além de tudo isso, é com a sua vida contributiva atualizada que você pode pensar em realizar um Planejamento Previdenciário, conforme já explicamos AQUI

Qualquer dúvida com a ferramenta, ou, caso necessite informações de como analisar o seu histórico previdenciário após o cadastro no sistema, consulte um advogado especializado em direito previdenciário.

A legislação previdenciária mudou muito nos últimos anos e é necessário que o segurado busque estar sempre assessorado de um bom advogado a fim de não se prejudicar lá na frente.

Nos encaminhe as suas dúvidas AQUI

Your cart